16 de outubro de 2013 - 12h24

Liberada a área para primeira Faculdade Pública de Belford Roxo


   

Um importante marco na história do município de Belford Roxo aconteceu na tarde desta sexta-feira dia 11 de outubro às 14:00h na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito da Cidade Dennis Dauttmam onde na ocasião foi assinada a doação do terreno para a construção da 1ª FACULDADE PÚBLICA de Belford Roxo.

Com a escolha de uma área "nobre e valorizada" e muito bem localizada e de fácil acesso o terreno conhecido como Marco Zero no Bairro de São Bernardo, está localizado em frente ao 39° Batalhão de Polícia Militar, onde também se concentra o prédio do Ministério Público, do Fórum de Justiça, algumas Secretária Municipais e em Breve a Sede do Executivo Municipal com a finalização das obras do Prédio da Prefeitura, isto fazendo da área um polo administrativo e o novo coração do município.
 

002

 

Segundo a Secretária de Ciência e Tecnologia da cidade, Dilcéia da Rocha Quintela, desde o início do ano quando recebeu uma comunicação de Brasília sobre o projeto e que corria o sério risco da perda do mesmo ela e sua equipe, primeiro buscaram se colocar a par da situação de forma mais aprofundada, onde solicitaram a Brasília a prorrogação do prazo ao IFRJ para apresentação de uma proposta "séria" e vinham buscando desde então um área para a implantação do projeto pois sabia da importância e da envergadura do empreendimento e o impacto que provocaria no crescimento da cidade que poderá, num futuro próximo, formar novos técnicos e especialistas que poderão suprir a carência de profissionais na região que aos poucos deixará de ser vista e taxada de "cidade dormitório", que com os investimentos planejados em infraestrutura de obras, de Educação, Saúde e Mobilidade Urbana que o Governo Dennis Dauttmam está fazendo deverá elevar a posição sócio-econômica do município e levar Belford Roxo a uma posição estratégica em relação a outros município da Baixada Fluminense, posição também influenciada graças aos investimentos do Governo do Estado com a Construção do Arco-Metropolitano e da Transbaixada que coloca Belford Roxo em posição estratégica em relação a outros municípios.

 

Devido a carência de áreas públicas disponíveis que comportassem o empreendimento que exigia uma demanda de 22 mil metros quadrados, e com o passar do tempo se tornava cada vez mais difícil em conseguir uma área que fosse documentada e em região estratégica da cidade, parecia impossível, o que acabou por frustar por um tempo e postergar um pouco a escolha da área, que em alguns momentos chegou a "desanimar" o grupo de trabalho composto pelo sr. José Áureo Sub-secretário da pasta e o Assessor Especial da secretaria Marcelo Pereira, que chegaram a analisar várias e várias possibilidades e alternativas de terrenos em que especularam e visitaram bairros como Babi/Recantus, Lote XV, Centro entre muitos outros.

 

003

 

Em algumas áreas confidenciaram que encontraram problemas e entraves que dificultavam a implantação do projeto na cidade, quando após muitas lutas e tentativas, foi realizada uma "visita técnica" a uma destas área indicadas localizada atrás do 39º Batalhão que hoje pertence a CEHAB(Companhia Estadual de Habitação do Rio de Janeiro) que é subordinada a Secretaria de Estado de Habitação, pasta hoje administrada por Rafael Picciani, ao qual Dilceia esteve pessoalmente conversando e buscando apoio.

 

004

 

Na ocasião um representante do projeto o Sub-reitor e Luis Edmundo Vargas de Aguiar Diretor Especial de Implantação de Novos Campi do IFRJ/PRONATEC participou da vistoria realizada no Bairro de São Bernardo, quando após se deslocarem em direção a Avenida Joaquim da Costa Lima o senhor Luis se deparou com aquela área em frente ao Batalhão e questionou porque não aquela área, quando Dilcéia exclamou que era menor que o exigido e Luis disse que o projeto poderia seguir a mesma linha que o IFRJ de Nilópolis que possui 2 pavimentos, quando Dilcéia pediu um tempo para analisar a possibilidade tendo entrado posteriormente em contato com o Prefeito Dennis Dauttmam que buscou viabilizar imediatamente a liberação do mesmo que após passar por votação na Câmara de Vereadores e ser aprovado o projeto de Lei foi definitivamente definida a implantação da 1ª Faculdade Pública de Belford Roxo e assim só faltava a assinatura da liberação da área o que aconteceu nesta sexta feira.

 

0054

 

Este momento ficará marcado para sempre na história da cidade onde estiveram presentes o Prefeito Dennis Dauttmam, a Secretária Dilcéia Quintela, o Subsecretário de Ciência e Tecnologia José Áureo Bastos Valença e o Assessor Especial Marcelo Pereira, o representante do 1° Ofício de Notas de Belford Roxo, Rafael Macedo, o Secretário de Comunicação de Belford Roxo Isnard Gavazzi, de Administração João Magalhães, e de Cultura Emerson Pires, o IRFJ estava representado pelo Vice-Reitor, Marcos Tadeu Couto, e pelo Diretor de Implantação de Novos Campos no Rio de Janeiro, Edmundo Aguiar, também os 2 Subsecretários de Assuntos Institucionais Marcelo Cesta e Marquinho Nogueira, os Assessores Especiais do Gabinete do Prefeito Rogerio Gomes e Odete Marques, os Vereadores Fábio Flores, Alexandre do Ferro Velho, Wilson da TV, Marcio Canella, Gisele Cardoso, Cleuber, Rodrigo, Tayano, Ericsson Gal, Elvis da Internet, Julião e Dr.Deodalto, prestigiou também o evento o irmão do Prefeito Dennis Dauttmam o empresário Beto Santos e o Ex-Superintendente da PRF/RJ e atual Assessor Especial da Secretária de Governo o Inspetor Carlos Hamilton Fernandes Pinheiro.

 

“O momento é muito especial. Precisamos acelerar o processo de desenvolvimento da cidade, pois estamos no limite, e a chegada do Instituto vai contribuir significativamente para isso. Tenho pouco tempo de governo, mas foi o suficiente para conseguirmos mais uma conquista, que é o pontapé inicial para a transformação de Belford Roxo”, enfatizou o prefeito.

 

006
Campus IFRJ Nilópolis.

 

A iniciativa do Governo Federal foi direcionada e concedida a cinco municípios, previamente selecionados. A previsão de início das obras é para até o final do desse ano (2013) e para a conclusão é para o 2º semestre de 2014. A capacidade do espaço deve girar em torno de 1600 alunos (sendo 50% para a escola técnica e os outros 50% para graduação e pós-graduação).

 

007
Na foto Marquinho Nogueira, José Áureo, Dilcéia Quintela, José Áureo, representantes do IFRJ, Marcelo Pereira e o Prefeito Dennis Dauttmam

 

“Belford Roxo saiu na frente na concretização dessa etapa de terreno e a presteza do prefeito foi fundamental para alcançarmos o objetivo. Pelo avanço das negociações, o município deve ser ter o primeiro campus a entrar em funcionamento, pois, assim que possível iniciaremos as obras”, afirmou Edmundo Aguiar.

 

Logo em breve acontecerá o Lançamento da "Pedra Fundamental" no local de implantação do IFRJ/Belford Roxo no Marco Zero o que poderá acontecer em Novembro com o advento da visita da Presidenta DILMA ROUSSEF a cidade que participará da entrega de empreendimento do Programa Minha Casa Minha Vida na cidade, basta aguardar as próximas informações.

 

Matéria exclusiva reproduzida integralmente do Blog do Lote XV



  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais