Brasil

28 de março de 2014 - 12h27

"EUA apoiaram golpe", escreve Dilma no Facebook sobre 1964


Imagem da postagem no perfil de Dilma Rousseff sobre a participação dos EUA em 1964. Foto: Facebook / Reprodução Imagem da postagem no perfil de Dilma Rousseff sobre a participação dos EUA em 1964. Foto: Facebook / Reprodução
O texto analisa a participação norte-americana na instauração do regime militar e anuncia um projeto que tornará públicos documentos sobre a ligação de Washington com os governos militares latino-americanos.

Nessa quinta (27), a presidenta já havia atualizado sua imagem da rede social com sua fotografia, feita aos 22 anos, perante os censores da ditadura militar (1964-1985). As postagens ocorrem por ocasião do aniversário de 50 anos do golpe, no dia 31 de março deste ano.

É amplamente aceita a tese de que os Estados Unidos apoiaram, de modo direto ou indireto, todos ou pelo menos a maioria dos golpes de Estado que depuseram governos de tendência esquerdista na América Latina no pós-guerra, abrindo espaço para uma série de governos ditatoriais que deixaram marcas profundas no continente.

"Os Estados Unidos agiram fortemente para abafar novos focos insurgentes e recuperar a hegemonia do continente americano. Com essa justificativa, decidiram, então, apoiar a instalação de governos ditatoriais na América Latina", afirma o texto.

"Agora, em uma excelente parceria da universidade Brown, de Providence (Rhode Island), com a Universidade Estadual de Maringá, os documentos do Departamento de Estado dos EUA sobre o Brasil, produzidos entre 1963-1973, serão digitalizados e disponibilizados em site de acesso livre."

Fonte: Portal Terra


  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais