Brasil

5 de março de 2013 - 19h50

Bancada do PCdoB lamenta morte de Chávez


A notícia da morte do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, aos 58 anos, foi recebida com pesar pela líder do PCdoB na Câmara, Manuela D´Ávila (RS), na noite desta terça-feira (5).


“Nosso Partido deseja que o processo de transição na Venezuela siga nos moldes do que vem acontecendo na América Latina e que não haja nenhuma tentativa de golpe por aqueles que no último período torceram todos os dias para que Chávez morresse”, afirmou Manuela.

O líder do PCdoB no Senado, Inácio Arruda (CE), declarou, nas redes sociais, que "Hugo Chavez entra para história como herói venezuelano e grande lider na América do Sul. Chavez abriu o caminho para políticas sociais avançadas na América Latina, esteve na linha de frente da derrota neoliberal e fim da alca.".

E, ao manifestar as condolências ao povo venezuelano pelo falecimento de Hugo Chavez, declarou o desejo de que "o povo ao lado de Nicolas Maduro assumam a tarefa de continuar a construção socialista iniciada por Chavez".

Grande sonho

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) divulgou nota oficial do mandato para lamentar a morte do presidente da Venezuela, Hugo Chávez , aos 58 anos, decorrente de um câncer, nesta terça-feira (5).

"Reconhecemos a luta do político latinoamericano por levar justiça social e mais igualdade a tantos venezuelanos, dentro de um programa político consistente. O político deixa um legado de muitas vitórias no campo das políticas públicas de inserção social e econômica da Venezuela", avalia a parlamentar.

Ela disse ainda que "Chávez é um nome que inspira a luta por mais direitos ao povo e os venezuelanos perdem um grande gestor e líder socialista. Nós e a América Latina, como um todo, também. Mesmo com esta grande perda, nenhum de nós perdeu seu grande sonho: uma sociedade mais justa e menos desigual".

O deputado Chico Lopes (CE) também lamentou a notícia dada pelo governo venezuelano. “Toda a América Latina se solidariza com o povo venezuelano pela partida de Hugo Chávez. A América Latina perde uma grande liderança, mas tenho confiança que a Venezuela não deverá sofrer problemas para continuar no avanço da unidade progressista da América Latina”, disse.

Para o parlamentar, “essa grande aliança progressista, avançada, tanto na Venezuela quanto na América Latina como um todo, vai continuar", ressaltou.

Leia também:
PCdoB (BA): Daniel Almeida lamenta morte de Hugo Chávez

Da Redação em Brasília
Com informações da Liderança do PCdoB na Câmara

Matéria atualizada às 11h11 desta quarta (6) para acréscimo de informações
  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais