Brasil

29 de março de 2012 - 16h05

Um retorno no tempo: 90 anos do PCdoB contados em 10 minutos


Os 90 anos do PCdoB ganharam roupagem cinematográfica que desfilará pelos lares de todas as regiões e classes sociais do país em um programa televisivo de 10 minutos, comemorando esse aniversário importantíssimo para a democracia brasileira, fundindo dramaturgia e documentário, ficção e fato, sonho e despertar. “O PCdoB é artífice de tudo o que mais honra a história do nosso querido Brasil”, sintetiza a última fala do filme. Quem afirma é a presidente da República Dilma Rousseff. Além da presidente, o programa contará com um depoimento do ex-presidente Lula, que vai falar pela primeira vez na TV depois de se recuperar da sua doença.

Ao menino de 1922 juntam-se atores inúmeros interpretando diversos dos episódios mais determinantes da biografia comunista no Brasil. Fazem companhia aos depoimentos sinceros e intimistas de bravos como João Amazonas, Aldo Rebelo, Fernando Morais, Manuela D'Ávila, Inácio Arruda, Netinho de Paula, Luciana Santos, Vanessa Grazziotin e Renato Rabelo. Para o diretor do programa Marcelo Brandão, esse foi o formato anatomicamente capaz de dar conta do desafio.



“Trata-se de um filme que conta 90 anos do Brasil em 10 minutos, isso não é fácil. Optamos pela dramaturgia por considerar a grande visibilidade dessa exibição e privilegiar uma linguagem que já dialoga culturalmente com todos. Já as falas em documentário não carregam o tom de declarações políticas, são quase conversas em documentário que vão ajudando a contar essa história”, afirma. Entre as cenas representadas estão a fundação da legenda, o comício de Luiz Carlos Prestes em 1945, a reorganização do Partido em 1962, a ditadura militar, as Diretas Já e a redemocratização.

Completamente registrado e finalizado na tecnologia de alta definição (HD), o filme levou teve uma produção executada em três meses e vinte dias para ser filmado, envolvendo o trabalho de aproximadamente 90 pessoas e locações em diversas cidades do país. Com intenso trabalho das equipes e direção de arte, direção de fotografia, logística, produção e preparação teatral, o programa alcançou as excelências estética e discursiva necessárias a uma homenagem à altura de seu homenageado.

O produtor e coordenador do programa nacional de televisão do PCdoB, Kerison Lopes, ressalta que a produção de uma peça abrangente, que dialogue com facilidade e grande alcance para a população brasileira, está sintonizada com os principais interesses do partido hoje: “O PCdoB persegue, constantemente, a reafirmação dos seus valores de forma renovada, abrindo mais canais, explorando as possibilidades de linguagem, buscando a aproximação com as pessoas que sonham o Brasil mais igualitário, coletivo, saudável socialmente. Este é o nosso compromisso, que deverá ser cada vez mais impresso em nossas estratégias de comunicação até o nosso centenário e ainda muito além”.

O programa especial “90 anos do PcdoB” também será disponibilizado aqui no Portal Vermelho após a sua exibição nas redes de TV aberta nesta quinta-feira (29).


Da Redação do Vermelho


  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais