Mundo

21 de julho de 2011 - 17h32

Fome atinge metade da população em região da Somália


Ainda de acordo com a ONU, a crise na Somália representa a mais grave situação de insegurança alimentar que há hoje no mundo. O país possui os índices mais altos de desnutrição, que atinge 50% da população em algumas regiões.

As estimativas indicam que cerca de 10 milhões de pessoas no Leste da África foram afetadas pela seca.

A crise de fome ocorre quando dois adultos ou quatro crianças em um grupo de 10 mil pessoas morrem por falta de alimentação a cada dia e 30% das crianças são seriamente desnutridas.

Um agente das Nações Unidas declarou que “a crise vai se espalhar para todas as oito regiões do sul da Somália nos próximos dois meses, devido a colheitas ruins e a epidemias de doenças infecciosas”.

Fonte: Radioagência NP


  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais