Movimentos

26 de setembro de 2010 - 15h12

Feministas apoiam Netinho de Paula para o Senado


Em nota, ativistas do movimento de mulheres declaram apoio ao candidato ao Senado pelo PCdoB, Netinho de Paulo. De acordo com o texto, Netinho poderá ser “um importante aliado em defesa dos direitos do povo, incluídos os direitos da mulher”.


A nota é assinada por ativistas como a presidente estadual do PCdoB-SP, Nádia Campeão, a secretária Nacional do PCdoB, Liége Rocha, a candidata a deputada estadual pelo PCdoB, Leci Brandão, entre outras importantes representantes do movimento de mulheres do estado de São Paulo.

Leia abaixo a nota:

O candidato ao senado pelo PCdoB, Netinho de Paula, está sendo alvo de um ataque rasteiro que está na internet, na grande imprensa e explorado politicamente na campanha eleitoral da oposição na TV. Refere-se a um episódio de agressão a uma ex-companheira, que teve repercussão na imprensa há cinco anos.

Netinho já fez profunda autocrítica de seu ato. Publicamente pediu “perdão a todas as mulheres brasileiras” por seu ato, que considerou injustificável. Reconheceu que cometeu um erro e que nada justifica a violência contra a mulher. Convidou para seu programa de estréia no SBT, o Show da Gente , em 9 de maio do ano passado, a companheira Maria da Penha, que deu nome à lei de combate à violência contra a mulher.



A própria Maria da Penha afirmou que esta sua atitude representava uma grande contribuição ao combate à violência contra a mulher. Além disso, a própria Lei é inovadora por considerar que se deve trabalhar com os homens visando alterar seu comportamento, já que eles não são violentos pela própria natureza. Seu comportamento pode mudar. E o exemplo de Netinho é emblemático da justeza da lei. O que se pede mais?

Netinho de Paula ingressou no PCdoB, partido caracterizado por um profundo respeito pelos direitos da mulher e compromisso na luta pela sua emancipação. Elegeu-se vereador e mostrou ser político comprometido com suas origens populares. Vinculou-se ao campo representado por Lula e Dilma, Mercadante e Marta, como caminho para aprofundar as mudanças que o país está trilhando.

Nós, mulheres que temos uma longa trajetória de luta em defesa dos direitos femininos e contra a violência doméstica, votamos em Netinho porque ele teve coragem e dignidade para mudar. E com esta atitude clara e transparente presta um imenso serviço à causa do combate a violência contra a mulher.

Estamos com Netinho porque temos certeza de que ele no Senado será um importante aliado em defesa dos direitos do povo, incluídos os direitos da mulher. Netinho, com Dilma presidenta, Aloizio Mercadante governador e Marta Suplicy como companheira no Senado, junto com o PCdoB, tem propostas políticas avançadas para o país, para São Paulo, para o povo e para as mulheres.

As forças populares, democráticas e progressistas têm uma enorme conquista pela frente. Dentre elas, será muito bom ter no Senado um candidato negro, de origem simples e que graças à sua coerência e sua luta foi eleito para a Câmara Municipal de São Paulo terceiro mais votado nas eleições. É o caminho para derrotar o verdadeiro caráter antipopular que caracteriza a oposição em nosso estado.

Assinam o texto:

Nádia Campeão – engenheira agrônoma, presidente estadual do PCdoB-SP
Liége Rocha – bibliotecária, secretária nacional da mulher do PCdoB
Leci Brandão – compositora, cantora e candidata a deputada estadual pelo PCdoB-SP
Ana Martins – assistente social, ex-vereadora e deputada estadual
Olivia Rangel – Jornalista e professora universitária, secretaria estadual da Mulher do PCdoB-SP
Fátima Duarte – médica, conselheira do Conselho Nacional de Saúde
Julia Roland – médica, vice-presidente estadual do PCdoB-SP
Matilde Ribeiro – Assistente social ex ministra da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR)
Rosa de Lourdes – assistente Social - doutora em Saúde Pública e ativista na luta pelo fim da violência contra as mulheres
Rozina Conceição – bacharel em Direito, coordenadora estadual da União Brasileira de Mulheres
Rosa Anacleto – metroviária, vice-presidente da Unegro-SP
  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais