Paulo Fonteles Filho
24/10/2014 9h39

O Coxinistão, segundo a enciclopédia livre.

Outros gentílicos também são utilizados: Fascisti, Coxinistano, Tucani, Tucanês e Bolsonariano.

Beatriz Helena de Souza
24/10/2014 9h17

Um comício na Cinelândia com Dilma, mesmo sem ela lá!

Sim, a frase que dá título a esta postagem é algo estranha, sou obrigada a concordar. Mas, foi isso mesmo que aconteceu ontem: um lindo encontro com gente de todo o tipo rumo à vitória de Dilma neste segundo turno das eleições brasileiras. Bom, disso todos sabemos.

Rita Matos Coitinho
24/10/2014 9h00

O retorno da diplomacia dos pés descalços

É interessante o uso que fazem certos intelectuais do termo “ideologia”. No fundo é um raciocínio bastante simplório: ideologia é aquilo que dizem aqueles que discordam de mim. Então para os liberais há as ideologias de direita (o fascismo) e de esquerda, sempre autoritárias. No meio estão eles, cheios de razão, paladinos da liberdade do mercado, da imprensa etc. etc. etc. Deve ser bastante confortável a vida intelectual dessas pessoas, rodeadas de certezas.

Eduardo Bomfim
24/10/2014 0h04

O Brasil soberano

Neste 2° turno eleitoral há uma radicalização das manifestações de opiniões contra Dilma Rousseff, insufladas por uma campanha de ódio ideológico através da grande mídia oligárquica.

Cloves Geraldo
24/10/2014 0h02

“Sem Pena”, males do sistema

Documentário do cineasta brasileiro Eugênio Puppo discute a falência do sistema carcerário nacional e a dupla pena de suspeitos e condenados

Sergio Barroso
24/10/2014 0h00

Dilma na linha de frente - à vitória, camaradas!

The Economist” faz um balanço pessimista dos quatro anos de governo da presidente Dilma Rousseff (PT) e defende abertamente a vitória de Aécio Neves (PSDB) para a Presidência depois de sua ida ao segundo turno (Valor Econômico, 16/10/20140).

Manoel J De Souza
24/10/2014 0h00

Liberal democracia, reação ao comunismo

O iluminismo do século 18, há muito esquecido, terá como fim não o esclarecimento do homem, mas o avanço de seu braço no pensamento liberal econômico, e disso para o avanço da ditadura da máquina. Com o tempo, será confundida a vontade de superar a natureza com a competitividade darwinista e a busca pelo poder de domar toda e qualquer adversidade, influindo sobre o pensamento humano e sobre sua paisagem

José Reinaldo Carvalho
23/10/2014 10h01

Dilma e Lula em Pernambuco, a virada

Um mar vermelho de 30 mil pessoas tomou as ruas de Petrolina (PE) na última terça-feira (21), num dos mais marcantes atos desta campanha eleitoral que chega ao fim.

Diorge Konrad
23/10/2014 10h00

Votos brancos e nulos interessam aos trabalhaores?

A existência de dois turnos nas eleições é um mecanismo da democracia representativa no capitalismo para que possamos escolher aquele que reúne as melhores condições políticas, de acordo com o rumo que queremos para determinado país.

Luciano Siqueira
23/10/2014 9h20

As duas vozes das ruas

Eleição presidencial no Brasil jamais foi tranquila – mesmo quando se dava circunscrita aos membros do Estado Maior das Forças Armadas, na vigência do regime militar. A tensão é a marca. Afinal, nos tempos que correm, de exercício da democracia, trata-se de conquistar o apoio da maioria dos eleitores para legitimar determinado projeto de nação.

Páginas:     12345próximaúltima