As Cartas do Pai por Ivan Cosenza

Rio de Janeiro, 09 de Janeiro de 2018

Pai,

Lembra aquele biscoito que a vovó fazia, e que você adorava?

Pois é! Encontrei os primos ontem, uma parte só, e descobri que mais gente adorava aquele biscoito. Contaram que ela fazia e guardava em umas latas em cima da estante. Mas também te entregaram, disseram que você guardava a sua lata com os biscoitos em baixo da sua cama..

Isso que é gostar dos biscoitos… hahaha!!

Quando casou e mudou para o Rio passou a sentir falta deles.

Minha mãe falou que ligou pra vó Maria e pediu a receita. Ela pegou e caprichou, ficaram lindos!

Fofinhos! Só que quando foi comer, reclamou com ela, que não era assim, os biscoitos eram duros, e que você ficava roendo ele, e que ela tinha feito errado. Minha mão ligou pra vovó e contou o caso, querendo saber o que tinha acontecido. A vó Maria então ficou surpresa e falou: “Conseguiu fazer a receita? Como você fez? Eu sempre erro! Nunca consegui fazer eles ficarem fofinhos!”

Pois é! Descobriu que na verdade você gostava dos biscoitos que deram errado!

Tem muita gente assim pai, que gosta das coisas que não dão certo.

No seu caso são só biscoitos, mas tem gente que acaba com um país porque não podem ver nada dando certo. Preferem quando as coisas estão dando errado! Preferem quando a vida é dura!

O “Mineirinho”, aquele que perdeu as eleições é um deles. Disse que ia obstruir todos os trabalhos legislativos até quebrar o país, e muita gente aplaudiu.

Hoje parece que estão gostando do Brasil dando errado. Ninguém reclama, todo mundo roendo biscoito duro, caladinho!

Uma hora os dentes começam a doer e eles reclamam, tenho esperança nisso!

Um beijo do seu filho que gosta dos suspiros que deram errado (aqueles que ficam puxa por dentro!), mas que quer um Brasil dando certo!

* Produtor cultural, presidente do Instituto Henfil, filho e curador da obra de Henfil

As opiniões aqui expostas não representam necessariamente a opinião do Portal Vermelho



Publicidade

TEXTOS DESTE +

OUTRAS COLUNAS